Sábado, 27 de Setembro de 2008

O problema deixado na experiência de Griffith era saber qual parte da célula que continha a informação genética que permitia a transformação das bactérias Tipo R em Tipo S.

Oswald Avery viria a provar que era o ADN que continha a informação genética.

A experiência foi realizada em 1944, e teve como objectivo avaliar qual a molécula presente em amostras de bactérias patogénicas era responsável pela transformação de bactérias não patogénicas em patogénicas

           Desta vez ao contrário de Griffith substituíram as células mortas pelo calor por uma amostra de bactérias lisas (incapaz, por si só, de provocar a doença) e trataram essa amostra com diferentes enzimas, cada uma capaz de destruir um tipo específico de macromolécula.

A experiência revelou que essa amostra mantinha sua capacidade transformante quando tratada com enzimas que degradam proteína ou RNA (Protease), mas perdia essa capacidade quando tratada com enzimas que degradam DNA (DNase)

 

Isto provou que é o ADN o responsável pela transformação das bactérias – ou seja, é o portador do material genético.

 

 

 

 

 



publicado por rjfragoso às 13:57 | link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

Recursos Hidrológicos

NOTÌCIA: AÇORES - Falta d...

GEOLOGIA: Recursos geológ...

GEOLOGIA: Metamorfismo

GEOLOGIA: Deformação das ...

Teria Darwin Errado?

Anatomia Comparada

Mecanismos de evolução II...

Mecanismos de evolução II...

Mecanismos de evolução: F...

arquivos

Maio 2009

Abril 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

blogs SAPO
subscrever feeds