Segunda-feira, 13 de Outubro de 2008

A evolução humana está se aproximando do fim por falta de genes mutantes, diz um geneticista do University College London, Steve Jones, ao jornal britânico The Times.

 

De acordo com Jones, a falta de pais de idade avançada está prejudicando a variedade genética da espécie, já que homens mais velhos têm maior probabilidade de apresentar "erros" - variações aleatórias - na carga genética de seus espermatozóides. Segundo Jones, as mutações nos espermatozóides são mais freqüentes a partir dos 35 anos.

 

Embora a contaminação química e radioativa possa alterar o conteúdo do material genético, um dos fatores mais importantes para que ocorram mutações é a idade, já que o número de divisões celulares acumula-se com o passar dos anos, e a probabilidade de ocorrer mutações aumenta com o número de divisões.

 

Com a idade média em que os homens têm filhos no mundo desenvolvido - 29 anos - houve cerca de 300 divisões entre o esperma que o originou e o que passará a seu filho. No caso de um homem de 50 anos, esse número supera mil. No ocidente, os pais começam a procriar tarde e param muito cedo.

 

Já segundo o jornal The Daily Telegraph, metade dos pais em Camarões têm mais de 50 anos, enquanto este índice é de 20% no Paquistão e de 5% na França.

Fonte: www.estadao.com.br

 

 

 



publicado por rjfragoso às 21:59 | link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

Recursos Hidrológicos

NOTÌCIA: AÇORES - Falta d...

GEOLOGIA: Recursos geológ...

GEOLOGIA: Metamorfismo

GEOLOGIA: Deformação das ...

Teria Darwin Errado?

Anatomia Comparada

Mecanismos de evolução II...

Mecanismos de evolução II...

Mecanismos de evolução: F...

arquivos

Maio 2009

Abril 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

blogs SAPO
subscrever feeds