Sábado, 9 de Maio de 2009

RECURSOS GEOLÓGICOS

São os bens naturais existentes na crosta terrestre e que face ás suas concentrações num determinado local podem ser extraídos e utilizados em beneficio do Homem.

Podemos dividir os recursos geológicos em renováveis e não renováveis.

RECURSOS RENOVÀVEIS

São gerados na natureza a uma taxa igual ou superior daquela que são consumidos.

RECURSOS NÃO RENOVÁVEIS

São gerados na natureza a um ritmo muito mais lento do que aquele a que são consumidos pelo Homem. São por isso recursos limitados que acabarão por se esgotar.

Os recursos geológicos não são renováveis, com excepção da água e do calor interno da Terra.

RECURSOS ENERGÉTICOS

Fundamentais, desde sempre para as diversas actividades do ser humano.

O desenvolvimento das sociedades industrializadas e tecnológicas fez crescer, de forma exponencial, o consumo de energia.

A maior parte da energia consumida pelas sociedades actuais é proveniente dos combustíveis fósseis.

 

COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS

O carvão, o petróleo e o gás natural são recursos energéticos não renováveis  e que se aproximam rapidamente do esgostamento.

A energia que conte está armazenada nas ligações químicas de compostos orgânicos sujeitos a complexas transformações ao longo de grandes períodos de tempo.

O carvão é principalmente utilizado em centrais termoeléctricas para a produção de energia eléctrica. O petróleo e o gás natural são utilizados como combustíveis. O petróleo tem, ainda numerosas utilizações industriais.

PROBLEMAS AMBIENTAIS

A queima de combustíveis fosseis liberta para a atmosfera dióxido de enxofre, que combinar-se com o vapor de água, dá origem a ácido sulfúrico, o qual precipita como chuva acida. A chuva ácida baixa pH do solo e dos cursos de água provocando a morte de organismos e os desequilíbrios dos ecossistemas.

A queima de combustíveis fossies liberta grandes quantidades de C02 para atmosfera. O aumento do CO2 na atmosfera contribui para o aumento do efeito de estufa e, consequentemente, par ao aquecimento global da Terra.

 

ENERGIA NUCLEAR

A produção de energia nuclear baseia-se na fissão controlada do elemento urânio em reactores nucleares.

Esta reacção liberta grandes quantidades de energia sob a forma de calor, esse calor é utilizado na vaporização da água que por sua vez é usada para a produção de energia eléctrica.

DESVANTAGENS

  • Risco de acidentes com fuga de radiações
  • Produção de resíduos radioactivos que levantam sérios problemas de tratamento e armazenamento
  • Poluição térmica da água
  • Risco de acções terroristas

ENERGIA GEOTÉRMICA

O calor interno da Terra constitui uma fonte que pode ser concentrada facilmente.

Quando existe um fonte de magma relativamente próxima da superfície da Terra, verifica-se o aquecimento de fluidos, geralmente a água que se localiza em rochas porosas ou em fracturas.

A água quente pode ser aproveitada na produção de energia

A energia geotérmica não é poluente e é renovável, na medida em que a sua fonte permanece longos períodos de tempo ( uma câmara magmática pode demorar milhares de anos a arrefecer).

No entanto, é um tipo de energia que apenas pode ser aproveitada em locais com determinadas características.

Em Portugal, há produção de energia geotérmica de alta entalpia no arquipélago do Açores e de baixa entalpia em centros termais no território continental.

(clique aqui para saber mais sobre o geotermismo nos AÇORES)

RECURSOS MINERAIS

Incluem numerosos materiais utilizados pelo Homem e que foram concetrados, muito lentamente, por uma variedade de processos geológicos.

Os recursos minerais podem classificar-se em metálicos e não metálicos.

Os elementos químicos como o ferro, cobre, prata, ouro, etc, encontram-se distribuídos na crosta terrestre fazendo parte da constituição de vários materiais em associações diversas com outros elementos.

Chama-se clarke á concentração média de um determinado elemento químico na crosta terrestre e exprime-se em ppm ou g/ton.

 

RECURSOS MINERAIS METÀLICOS

Um jazigo mineral é um local no qual um determinado elemento químico existe numa concentração muito superior ao seu clarke .

Num jazigo mineral chama-se minério  ao material que é aproveitável, e que tem intresse económico, e ganga ou esteril ao material sem valor económico que esta associado ao minério.

A ganga é geralmente acumulada em escombreiras, que são depósitos superficiais junto as explorações minerais. As escombreiras causam poluição visual, aumenta o risco de deslocamento de terreno e podem conter substancias tóxicas que poluem o solo e a água.

 

 

RECURSOS MINERAIS NÃO METÁLICOS

Considera-se recursos minerais não metálicos materiais como cascalho areais e rochas.

São materiais abundantes, que geralmente não atingem preços elevados.(com excepção das pedras preciosas) e que , por essas razões, provêm de fontes locais

 

 

 

 

 

 



publicado por rjfragoso às 21:11 | link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

Recursos Hidrológicos

NOTÌCIA: AÇORES - Falta d...

GEOLOGIA: Recursos geológ...

GEOLOGIA: Metamorfismo

GEOLOGIA: Deformação das ...

Teria Darwin Errado?

Anatomia Comparada

Mecanismos de evolução II...

Mecanismos de evolução II...

Mecanismos de evolução: F...

arquivos

Maio 2009

Abril 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

blogs SAPO
subscrever feeds